Google
Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Governo cria programa eescolinha com portáteis a 50€


O Primeiro-Ministro José Sócrates apresentou hoje no Pavilhão Atlântico o programa e-escolinha, a expansão do projecto e-escolas agora destinado a crianças do 1º ciclo.

O eescolinha tem por base o futuro notebook Magalhães que chegará às mãos das crianças do 1º ciclo a um preço máximo de 50€. O Primeiro-ministro garantiu que os notebooks e-escolinha vão estar disponíveis em três escalões de preço: a zero euros para as famílias abrangidas pela acção social escolar, por 20 euros para as famílias abrangidas pelo Escalão B e a 50 euros para as restantes.

Em relação à internet móvel, ainda não foi definido para a eescolinha se esta será obrigatória nem quanto tempo será exigido de fidelização, à semelhança do que acontece na e-escola, em que os alunos têm de subscrever um plano que pode ir até 36 meses e ter um custo mensal até 17,5 euros.

Foram prometidas as primeiras entregas dos portáteis da eescolinha já para o mês de Setembro, tendo sido estabelecida a meta de 500 mil dos notebooks Magalhães para distribuição ao longo do ano lectivo de 2008/2009, tal como no programa e-escola original.

Os notebooks da e-escolinha irão integrar os conteúdos educativos validados pelo Ministério da Educação, previamente carregados nos Magalhães antes de serem entregues às crianças do 1º ciclo.

O notebook Magalhães assenta na nova plataforma Classmate PC, integrando um Intel Celeron M com ligação de rede sem fios 802.11b/g Wi-Fi. O modelo terá um ecrã LCD de 9 polegadas, uma bateria de 6 células, memória de 512 MB e o disco rígido é de 30 GBytes.

Este notebook destinado às crianças do e-escolinhas está preparado para suportar os sistemas operativos Windows XP e diferentes versões de Linux, entre as quais o Caixa Mágica.

Categorias:
6 comentários:
De sara santos a 16 de Junho de 2009 às 22:23
a minha filha tem o magalhaes mas sem mais nem menos deixou de funcionar correctamente nao consegue entrar na caixa magica,perdeu alguns programas do windows incluindo a diciopedia e jogos.disseram que era um problema no softuwere como posso resolver este problema?
De Anónimo a 19 de Outubro de 2008 às 21:30
Ao aderir ao serviço net no e-escolinha, celebramos (os pais) um contrato por 36 meses com uma mensalidade mínima de 17.50 euros,isto para os alunos sem direito a subsídio. É estranho!!! No projecto Oportunidades (para adultos), a mensalidade da net é apenas de 15 euros e o contrato celebrado contempla apenas um ano.
Será que é para pagarmos o que os computadores realmente custam?
De Rebeca Peralta a 3 de Outubro de 2008 às 22:24
Ola, boa noite!
Gostaria de saber se não aderindo à internet atraves da eescolinha poderei colocar internet no magalhães atraves da que tenho em casa.
Obrigada
De Carla lopes a 23 de Setembro de 2008 às 09:15
Bom dia, ouvi na rádio que iriam começar a entregar ás crianças de 1º ciclo.
Gostaria de saber como posso ter acesso a mais informação, ou como faço para me inscrever.
De Rui Barbosa a 19 de Setembro de 2008 às 22:17
olá,
muito boa ideia o Magalhães, mas, como bons Portugueses estámos sempre à frente.
a escola já começou e o agrupamento ainda não tem informação como e onde se pode encomendar o Magalhães. se alguem souber gostaria que me informa-se para pode requesitar um para o meu filho que frequenta o 4 ano.
obrigado
De Paula Serrano a 18 de Agosto de 2008 às 23:58
GOSTAVA DE SABER O PORQUÊ DE FAZEREM COMPUTADORES PARA O 1º AO 4º ANO E DEPOIS DO 7º AO 12º ; AS CRIANÇAS QUE FREQUENTAM OS 5º E 6º ANOS NÃO TÊM DIREITO , ACHO ABSURDO . GOSTAVA DE SABER PARA QUÊ COMPUTADORES NA PRIMÁRIA? ACHO QUE OU É PARA TODOS , OU NESTE CASO NA PRIMÁRIA É DESNECESSÁRIO.VEJO POR MIM , O MEU FILHO TÊM 9 ANOS, TÊM DIREITO; MAS VAI PARA O 5º ANO, JÁ NÃO TÊM DIREITO.É INJUSTO.

Comentar post